domingo, 7 de março de 2010

Feminina

Às vesperas do Dia Internacional da Mulher, resolvi falar da parte intelectual (de 'carne' estamos bem servidos) das modelos, atrizes, políticas, apresentadoras, cantoras, vedetes e ex-capas que não aparece nas páginas, da revista, há muito tempo. Na década de 90 e início dos anos 2000, era tão comum a SEXY debater e polemizar, vários assuntos, com mulheres que eram destaque na mídia ou estavam começando a carreira.

Década de 90: As mulheres dividiam espaço com homens e homossexuais. Quando não tinham páginas dedicadas a uma conversa mais prolongada, com a/o repórter, eram encaixadas na seção "Perfil do Desejo" (geralmente, uma página). Nessa época passaram pela revista: Carla Camurati, Tereza Seiblitz, Angela Emmerick, Bel Kutner, Paula Bulamarqui, Cláudia Mauro, Renata Schuman, Alicinha Cavalcanti (por Marília Gabriela), Paula Manga (que rendeu até processo!), Fernanda Young e outras que você identifica nas fotos abaixo.

Desejadas!!! menos a Joyce Pascowitch...

Início dos anos 2000: a editora Bete Hoppe (por onde anda?) comentou em uma edição (não lembro qual!) que a SEXY ia passar a ser uma revista "feminina". No bom sentido, significava que os leitores precisavam entender (é possível?) as mulheres... e nada mais justo que as próprias sinalizassem o caminho. Nisso, veio uma entrevista atrás da outra com mulheres de perfis bastante distintos (da fofoqueira Sônia Abrão ao furacão Luana Piovani).

Além delas, soltaram o verbo: Alanis Morissette, Babi, Marisa Orth, Soninha, Vera Fischer, Gorete Milagres (abriu o peitim, lembra?), Vanessa Pikachú, Tathiana Mancini, Adriana Garambone, Cláudia Alencar, LizVamp, Fernanda Abreu, Malandrinhas Sara e Fabiana, as irmãs 'Ava&Gina', a polêmica denúncia "Sexo entre freiras", as internacionais Drew Barrymore e Nicole Kidman e, por fim, Carol Castro (em 09/2003). E mais:

entender vocês: missão impossível!

Na capa da Tathiana Pagung, anunciam Angelina Jolie (aliás, 4 ou 5 perfis e não rendeu uma entrevista decente) mas, não valeu pois no "Sentido da vida" veio um papo descontraído com Selton Melo.

Como curiosidades, algumas relutaram em conversar sobre sexo, por exemplo: Monique Evans e Cláudia Alencar. As entrevistadas que já morreram são: Dora Bria, Dercy Gonçalves e Brittany Murphy.

continuem descansando em paz...

Repetiram a dose: Xuxa (!), Rita Cadillac, Luciana Gimenez e Elba Ramalho.

'bis'

Fica a dica pra revista convidar, vez ou outra, uma gostosa (ou não) a colocar a boca no trombone. Ano passado, mesmo, desperdiçaram a Pitty (na mini entrevista da seção "Pin up") que renderia declarações bombásticas e apimentadas.

queremos 'bis' com você também.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...